Você não deve favor para ninguém

“Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a Lei” – Romanos 13:8



Sabe o que esse texto diz? Que nós não precisamos trocar nada com ninguém. Nós não precisamos dever favor e ninguém deve favor para nós.


Muitas vezes, nós temos a sensação, que devemos algo para alguém porque essa pessoa fez algo para nós. Que temos que retribuir essa pessoa com alguma coisa, com um outro ato, outro favor, e não com sentimento de amor e gratidão.

Então, precisamos entender que esse sentimento de troca de favores não é agradável aos olhos de Deus, porque isso não faz bem para gente.


Quando nós aprendemos a discernir o sentimento, a gente entra no nível de maturidade muito diferente. Entendemos que nossa resposta, de um sim ou de um não, não tem a ver com o nosso amor, com o nosso sentimento pela pessoa.

Seja grato! A gratidão é uma das ofertas que mais agrada o Senhor. Então, ser grato eternamente por alguém que fez algo por você em um certo momento da sua vida, é lindo, digno, e tem que ser feito.


Amar ao próximo, é um sentimento que tem que fazer parte de você. Mas esse sentimento não pode vir em forma de um sentimento de dever favor, ou seja, fazer algo porque alguém fez algo por você.


Por isso que é importante aprendermos a discernir o sentimento. E lembre-se: para ser grato, para amar, não precisa dar nada a ninguém a não ser o amor.


Seja uma pessoa madura, que ama, que é grato e não troca favores. Não negocie os seus valores, não tenha o sentimento de dever nada para ninguém, não troque favores. Se alguém te trata bem e te ajuda em alguma situação, agradeça, ame e cuide dessa pessoa.


Se você sente a vontade de fazer algo para essa pessoa, que seja por amor e não por favor. Quando você aprende a não negociar os seus valores, você vai entender que o seu nível de maturidade profissional e espiritual, vai alavancar, vai deslanchar.


Não negocie seus valores. Não tenha sentimento de dever favor para ninguém, combinado?!


Tags:

<